Arquivo de Setembro, 2013

António Pinho Vargas em entrevista: vídeo culture minds

xst_loadimg.jsp

Nesta entrevista António Pinho Vargas explica como, durante longas décadas, fomos incapazes de resistir ao cânone musical que a Europa criou a partir de países como a Inglaterra, a França ou a Alemanha, e reconhece a importância das novas instituições culturais para aumentar a diversidade da produção da música portuguesa. A dialéctica do nacionalismo versus cosmopolitismo da música portuguesa, a dificuldade de se garantirem as reposições nos espaços de programação musical, a ‘crise’ da música clássica e o paradigma da música pop são alguns dos temas discutidos e que poderá aceder aqui (seleccionar Culture Minds 8).

Culture Minds é uma iniciativa:

2º ciclo em Programação e Gestão Cultural da Universidade Lusófona

1º ciclo em Ciências da Comunicação e da Cultura | especialização gestão da cultura e das artes