Archive for the ‘ 2.2.1. o gestor e o programador cultural ’ Category

o gestor cultural e o programador cultural são parceiros dos criadores

Os criadores (sejam eles escritores, realizadores, actores, pintores ou designers) precisam de fazer chegar as suas obras ao público nas melhores condições possíveis. Precisam de dinheiro, de uma estrutura organizacional, de recursos técnicos e comunicacionais, além de que precisam que as suas obras sejam conjugadas com discursos ou mesmo com outras obras que  contextualizem o seu trabalho e o valorizem.

O gestor cultural e o programador cultural são mediadores entre os criadores e os públicos, mas também, muitas vezes, entre os criadores e o poder político, o que faz deles figuras decisivas para a dinâmica do campo cultural.

A fruição da cultura (do que é novo e arrojado, mas também do que é clássico e tradicional), tal como o acesso à cultura (ao que é produzido fora ou mesmo dentro do país) muito dependem destes profissionais. A sua especialidade é propiciar encontros, ligações entre as pessoas e as suas várias linguagens.