Archive for the ‘ 3.1. agenda ’ Category

estágios no museu da electricidade para jovens animadores

Consulte aqui mais informações.
Captura de ecrã 2014-01-29, às 10.48.14

culture minds entrevista António Pinho Vargas

apvargas

António Pinho Vargas, compositor, músico e ensaísta, lançou em 2011 um livro que decorreu do seu doutoramento em Sociologia da Cultura na Universidade de Coimbra e que se intitula ‘Música e Poder. Para uma Sociologia da Ausência da Música Portuguesa no Contexto Europeu’.

Neste livro explica como Portugal ficou excluído da vida musical europeia, dos seus discursos e das suas programações. Mas expõe também como fomos incapazes de resistir ao cânone musical que a Europa criou a partir de países como a Inglaterra, a França ou a Alemanha.

António Pinho Vargas refere-se com frequência a uma subalternidade portuguesa ao que ‘vem de fora’ e a uma compulsão nacional em procurar referências no exterior. Se uma tal mentalidade poderá ser entendida como síndroma do nosso isolamento durante o Estado Novo, cabe-nos saber como ultrapassá-lo e, mais especificamente, como a música portuguesa pode ultrapassar essa espécie de ‘medo de existir’, como José Gil lhe chamou.

 

culture mindsmaio2013-01

 

 

A entrevista culture minds com António Pinho Vargas tem lugar amanhã, 29 de Maio, às 14h30 no Estúdio Q. Entrada livre.

para mais informações sobre António Pinho Vargas:

www.antoniopinhovargas.com

ciclo de conferências a imagem contextualizada- entender a fotografia

O Arquivo Municipal de Lisboa |Fotográfico apresenta durante o mês de Abril, às terças-feiras, pelas 18.30, o ciclo de convite_cicloconferências a imagem contextualizada entender a fotografia

com as seguintes comunicações:

Espíritos contemporâneos: quando a imagem e os outros mundos se entrecruzam [Margarida Medeiros]

Preço a pagar por espreitar!: a fotografia estereoscópica e a condenação moral dos prazeres visuais [Victor Flores]

Mais do que uma Imagem [Sandra Vieira Jürgens]

Fotografia e teatro: representar o quê? [Filipe Figueiredo]

Consulte o programa detalhado de  a_imagem_contextualizada

 

Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico | Rua da Palma, 246

ciclo Carl Einstein

ciclo carl einsteinA ECATI e o CICANT convidam os seus alunos, professores e investigadores a assistirem ao Ciclo Carl Einstein. Uma organização conjunta da Escola e do seu Centro de investigação, em associação com o Goethe Institut de Lisboa e de Munique, Escola Superior de Música de Lisboa, Institut Français du Portugal e do Teatro Municipal de São Luiz. Os eventos sociais acontecem nos dias 1, 2, 3 de Março no Teatro São Luiz. Realizar-se-á no dia 1 a leitura-encenada da peça de teatro O mau evangelho, representada pela primeira vez depois da sua estreia em 1921, seguido de um debate com José Bragança de Miranda, Carlos Pimenta e Liliane Meffre. No dia 2 será projectado um filme de Jean Renoir, Toni, seguindo de um debate com a historiadora Irene Flunser Pimentel e Liliane Meffre. No dia 3, apresentar-se-á uma opereta de Juan Allende-Blin, que tem como pano de fundo a experiência do exílio vivido pelo próprio Carl Einstein.

Nos dias 5 e 6, realiza-se um colóquio internacional no auditório do Instituto Goethe de Lisboa.

Informação complementar em http://www.teatrosaoluiz.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=327

A entrada para todos os eventos é gratuita.

Sinópse:

Embora pouco conhecido em Portugal, o pensamento de Carl Einstein retorna, tanto na Europa como nos EUA, com intensidade, quer através da reedição e tradução de algum dos seus livros principais, quer por exposições dedicadas à multiplicidade dos aspectos em que a sua obra se espraia. Nascido em 1885, Carl Einstein criou e dirigiu com Georges Bataille a revista Documents (1929-30), cuja influência ainda se faz sentir. Activista político, pensador e historiador de arte, é autor de uma obra fundamental para a renovação do pensamento estético contemporâneo. Contrariamente a um outro eminente contemporâneo (Walter Benjamin) o retorno de Einstein fez-se demorar, tendo-se abatido sobre ele uma cortina de silêncio que é quase incompreensível. Esta iniciativa procura assim, resgatar a obra e pensamento de Einstein, projectando o seu merecido (re) conhecimento.

MEDIA INFO MEETING – LX2012 – Financiamento Europeu para a Cultura, Cinema e Audiovisual

i009705

No próximo dia 17 de Dezembro terá lugar mais uma sessão de informação organizada pelo Mediadesk Portugal.
Este ano a sessão recai sobre os financiamentos europeus para os sectores da Cultura, do Cinema e Audiovisual.
Assim, terá oportunidade de conhecer, em detalhe, quais os apoios que ainda existem e estarão disponíveis em 2013 ao nível dos programas CULTURA e MEDIA, os apoios do Fundo Eurimages e, ainda, todas as informações existentes sobre o futuro programa EUROPA CRIATIVA. A sessão será das 15h00 às 18h00, na Sala 2 do Cinema São Jorge.
Inscrições GRATUITAS e OBRIGATÓRIAS
para geral@mediadeskportugal.eu

Mestrado em Programação e Gestão Cultural: última fase de candidaturas

Está a decorrer até ao próximo dia 12 de Outubro a última fase de candidaturas para o Mestrado em Programação e Gestão Cultural

CONDIÇÕES DE ACESSO

Grau de licenciatura e/ou curriculum relevante na área cultural.

HORÁRIO DAS AULAS
sextas-feiras: 19-22h | sábados: 10-13h (e 14-17h em parte do ano lectivo)

NOVO VALOR PROPINAS PARA 2012/13

http://www.ulusofona.pt [seguir os seguintes passos- 1º: Quero estudar na Lusófona; 2º Faz as contas; 3º Propinas

para mais informações: odete.soares@ulusofona.pt

culture minds: entrevista Jorge Barreto Xavier e Miguel Honrado | as políticas culturais em Portugal

Visualize a gravação da terceira entrevista culture minds: Jorge Barreto Xavier, especialista em políticas públicas, e Miguel Honrado, presidente da EGEAC, distinguem as políticas culturais exercidas pelo Governo e pelo poder local, expõem os benefícios dos programas europeus de financiamento à cultura e, entre outros assuntos, debatem a internacionalização deste sector. culture minds é uma iniciativa do 2º ciclo em Programação e Gestão Cultural e do 1º ciclo em Ciências da Comunicação e da Cultura da Universidade Lusófona. Aceda ao vídeo aqui.